Connect with us

Investimentos

Qual é o Melhor Investimento que Existe?

Publicado

em

Melhor Investimento

Investir não é um termo muito presente na financeira dos brasileiros e, enganam-se aqueles que pensam que possuir uma caderneta de poupança é sinal de bom investimento. Se você já compreendeu que poupar e investir são coisas distintas, certamente está se perguntando qual é o melhor investimento que existe?

Antes iniciar qualquer investimento, é preciso entender que existem 3 pilares dos quais seu dinheiro estará repousando, o primeiro é o risco ( de crédito ou de mercado ), na sequência existe a rentabilidade ( taxa de juros ) e por último, a liquidez ( disponibilidade de resgate ).

Risco dos Investimentos

Risco dos Investimentos

Todos os investimentos possuem riscos, uns mais, outros menos. Portanto, é preciso analisar seu perfil de investir e qual o risco relacionado as aplicações que você tem intenção de colocar seu dinheiro, afinal de contas, ninguém quer queimar dinheiro, não é?

Se você tem um perfil mais conservador ( pé no chão ), certamente terá facilidade com investimentos em renda fixa, mas se é mais ambicioso, a renda variável é caminho. É claro que há também aqueles que desejam uma renda maior, portanto, consideram correr um pouco mais de risco.

As ações são um prato cheio para aqueles que estão em busca de riqueza, porém, esse mesmo investimento pode levá-lo à falência. Trilhar o caminho dos capitais abertos exige paciência, estudo e, principalmente, não aplicar todo seu capital nessa categoria de renda variável.

Rentabilidade

Rentabilidade

Como o próprio nome diz, a rentabilidade é o termo utilizado para representar o quanto uma aplicação pode render ao investidor. Esse fator tem muita importância na hora de investir seu dinheiro na instituição A ou instituição B, pois é um indicador que permite simular o retorno total.

Não podemos nos prender só na rentabilidade, pois não adianta de nada um banco oferecer uma taxa de juros de 10% ao mês, se ela não tem condições de arcar com o prometido. É claro que o FGC oferece segurança para aplicações em renda fixa, porém, existe o limite de R$ 250 mil por CPF e por instituição.

A rentabilidade pode ser um obstáculo para o investidor iniciante, pois ao visualizar inúmeros títulos a sua disposição, se sente confuso, afinal de contas quer sempre que seu dinheiro renda o máximo possível. Infelizmente, esse é um comum e vamos entendê-lo no tópico liquidez.

Liquidez

Liquidez

Toda aplicação tem um regra que determina quanto tempo seu dinheiro precisa permanecer investido para que possa alcançar a rentabilidade contratada.

Podemos exemplificar a liquidez através da caderneta de poupança, onde é preciso deixar o dinheiro para no banco por pelo menos 30 dias, pois se o dinheiro for sacado antes desse período, você não terá qualquer rendimento.

Sendo assim, a liquidez da poupança é mensal, mas o que isso significa do ponto de vista da rentabilidade? Pois bem, vamos imaginar que você aplica R$ 100 na poupança e, por algum motivo ( emergência ), precisa retirar o dinheiro em 20 dias, o que acontece?

Em primeiro lugar não há qualquer cobrança de tarifa, mas seu dinheiro não terá rendido nada, nenhum um centavo sequer, pois como a liquidez é mensal e seu dinheiro não permaneceu aplicado por 30 dias, não há qualquer correção do montante, ou seja, quem ganhou alguma coisa foram o Governo e Banco.

Vamos imagine outro exemplo: você aplicação os mesmos R$ 100 na poupança, mas agora precisa retirar o dinheiro 40 dias após o depósito, o que acontece? Nesse caso o dinheiro permaneceu 30 dias aplicado, porém, ficou mais 10 dias, sendo assim, ainda são necessários 20 dias para completar um outro ciclo da rentabilidade.

Resumindo, seu dinheiro foi corrigido nos 30 dias iniciais, mas você perdeu 10 dias posteriormente, pois como está trabalhando com um aplicação com liquidez mensal. Felizmente, existem outras aplicações que fazem seu dinheiro render mais e ainda possuem liquidez diária, ou seja, você não perde um dia sequer ao investir.

Você sabia que existem investimentos tão seguros quanto a poupança, que rendem mais e ainda possuem liquidez diária? Nessa categoria de investimentos, existem dois que se destacam, são o Tesouro Direto ( títulos da dívida pública ) e CDB ( títulos de bancos ).

O Tesouro Direto permite que você compra títulos prefixados e pós fixados. Os prefixados são aqueles que você conhece o tempo e rentabilidade, permitindo que você saiba exatamente o quanto irá receber no vencimento da aplicação.

Os títulos pós-fixados dependem de variáveis do mercado, como a Taxa Selic e o IPCA ( Índice Oficial da Inflação ), estes possuem diversos vencimentos, para 3 anos, 5 anos e até para vencimento em 20 anos. A questão é que todos esses títulos batem facilmente a poupança ( se levados até o vencimento ).

O Tesouro Nacional recompra os títulos ( se os investidores os quiserem revender e recuperar o dinheiro ), mas essa situação pode fazer com que o investir receba mais do que contrato ou menos ( perder dinheiro com a desvalorização do título ), sendo assim, o Tesouro Direto é um investimento em renda fixa que possui liquidez diária.

Os CDBs são títulos privados de bancos são bem similares aos títulos públicos, principalmente com o Tesouro Selic. A liquidez de um CDB pode ser mensal ou diária, o que muda a taxa oferecida ( percentual do CDI ) pela instituição financeira. Esse tipo de investimento envolve um empréstimo de pessoas físicas ( eu e você ) para um banco em particular.

Existem outros investimentos com as LCIs e LCAs ( títulos imobiliários e agrícolas ), que ao contrário do Tesouro Direto e CDBs, possuem isenção de imposto de renda, mas tem liquidez de no mínimo 90 dias. Assim como no CDB, a LCI e LCA são remunerados com base no CDI.

Afinal, Qual é o Melhor Investimento que Existe?

Até aqui temos a ciência de que o investimento envolve tempo, montante de dinheiro e a taxa de juros ( rentabilidade ). Dito isso, o melhor investimento é aquele que se encaixa com os seus objetivos, de nada adianta investir com uma ótima remuneração, se você precisar do dinheiro dentro de um mês.

O melhor investimento que existe é conhecimento de mercado e a educação financeira em geral, pois no momento em que você conhece a características de diversas aplicações disponíveis no mercado, poderá selecionar os investimentos que vão de encontro com seus sonhos e objetivos.

Vale a pena dedicar seu tempo para assistir palestras, ler livros, sites e blogs sobre finanças pessoais e investimentos. É preciso buscar conhecimento financeiro dia a dia, pois se você confiar no gerente do banco, tenho certeza que ele fará as melhores escolhas para você para o banco!

Clique para comentar

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending